Pinhão: Você conhece?

Segundo nutricionistas, um dos melhores benefícios do pinhão é a liberação do ácido linoleico. Esse ácido age como supressor da fome e libera um hormônio chamado colecistoquinina, que ajuda a diminuir a vontade de comer. Por essas características, o consumo é recomendado como lanche, entre refeições, e principalmente no fim da tarde, para ajudar a controlar a fome que é mais comum no período da noite.

Mas os benefícios do pinhão são muitos. Nele é encontrado ferro e cobre. O ferro é um mineral que previne anemias e gera energia ao organismo e o cobre ajuda na absorção do ferro. Um “casamento” muito saudável.

Para aqueles que sentem fadiga, tensão muscular e falta de energia, o consumo do pinhão pode ajudar. Rico também em magnésio, cálcio e fósforo, a semente melhora esses sintomas. E ainda ajuda a prevenir doenças cardiovasculares, por possuir boa quantidade de gorduras monoinsaturadas, que são as gorduras boas para diminuir o colesterol.

Também com uma boa quantidade de luteína, um antioxidante importante para manter a saúde dos olhos e evitar a degeneração ocular e diminuir os riscos de catarata.
O pinhão ainda tem propriedades antioxidantes, que ajudam a inibir o envelhecimento.

Esta semente não pode ser consumida crua. A dica da Karin é cozinhá-la em uma panela de pressão com um pouco de água e sal, se quiser, entre 30 e 40 minutos. Depois, retire a casca.

A semente pode ser consumida como lanche, picada ou processada e colocada em preparos, como sopas e saladas. A farinha do pinhão também pode ser uma opção para preparo de massas. A semente não possui glúten.

RECEITA: SUFLÊ DE PINHÃO

 

Ingredientes
– 1 colher (sopa) de manteiga ou óleo de coco
– 1 cebola pequena
– 2,5 xícaras (chá) de pinhão (1 xícara cozido e processado e 1,5 xícara cozido e cortado em – rodelas)
– Cheiro verde a gosto
– 1 xícara (chá) de leite vegetal
– 2 colheres (sopa) de farinha de trigo ou de arroz
– 4 ovos

– 4 colheres (sopa) de queijo parmesão ralado (opcional)
– Sal e pimenta-do-reino a gosto

Modo de preparo

Refogue a cebola picadinha na manteiga e deixe ela dourar. Acrescente o pinhão cozido, processado e cortado em rodelas, deixando-o refogar. Tempere com sal, pimenta-do-reino e cheiro verde. Deixe esfriar. Bata o leite, a farinha de trigo e as gemas e misture aos poucos ao pinhão já refogado, acrescentando o queijo ralado. Junte suavemente as quatro claras batidas em neve. Despeje na forma para suflê untada. Asse em forno médio (180 °C) por cerca de 20 minutos. Sirva em seguida.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *